segunda-feira, 28 de setembro de 2015

O que herdamos da Roma Antiga

Achei muito interessante esta matéria do History e resolvi postar aqui também


Mais de 1500 anos depois de sua queda, os avanços técnicos e políticos que constituíram o Império Romano continuam fazendo parte da civilização ocidental tal qual a conhecemos. Abaixo, seguem cinco inovações que mudaram o rumo da história: 

Cirurgia de Batalha 
Além dos partos por cesárea e o grande desenvolvimento de instrumentos cirúrgicos, provavelmente os avanços mais revolucionários da medicina romana sejam em cirurgia de batalha. O Império contava com um corpo especial de médicos de guerra que desenvolveram técnicas tão inovadoras quando as cirurgias arteriais. E foram pioneiros também em desinfetar seus instrumentos médicos com água fervida – prática utilizada pela medicina moderna até o século XIX. 

Sistema Jurídico 
O sistema jurídico romano dominou a organização das sociedades ocidentais por séculos. Desde o conceito de “inocente até que se prove o contrário” até termos comopro bono e habeas corpus, os avanços judiciais do Império Romano trouxeram uma transformação profunda para a história da humanidade. 

Calendário Juliano 
Em 46 a.C., o imperador Júlio César e o astrônomo Sosígenes de Alexandria adaptaram o calendário ao ano solar, criando, assim, o Calendário Juliano. Quase idêntico ao Calendário Gregoriano, utilizado atualmente, o Juliano já dividia o ano em 12 meses. 

Ruas e Estradas 
No seu apogeu, o Império Romano ocupou mais de dois milhões e meio de quilômetros quadrados. Para garantir a administração de seu enorme domínio, os romanos construíram um sistema impressionante de ruas e estradas. Essa engenharia os permitiu mobilizar seus exércitos a mais de 40 km/h. Muitos desses caminhos são usados até hoje. 

Aquedutos 
O primeiro aqueduto romano foi desenvolvido por volta do ano 312 a.C. Essa maravilha da engenharia permitia usar a força da gravidade para transportar água aos centros urbanos. Graças a ela, os cidadãos do Império Romano puderam aproveitar grandes inovações como os banhos públicos, os sistemas de irrigação subterrâneos e as fontes ornamentais que decoravam as cidades. 

Fonte: History

Nenhum comentário: